Esse site suporta três opções para navegação de quadrinhos: barra de rolagem horizontal, setas esquerda e direita do teclado e arrastar o quadrinho.

Velociraptor quadrinhos. Dinossauro cartoon. Estímulo supranormal. Eles Vivem. Homem olho óculos de sol.Velociraptor quadrinhos. Dinossauro cartoon. Seleção natural. Um processo que molda os corpos das criaturas. Assim como seus comportamentos.Velociraptor quadrinhos. Dinossauro cartoon. Um repertório de reações. Para todos os estímulos ambientais que uma criatura selvagem enfrentará afinados por milhões de anos de tentativa e erro.Cérebro cartoon. Instinto.Entra: Niko Tinbergen. Um biólogo holandês fascinado pelo comportamento dos animais. Experimentando sistematicamente os dispositivos dos seus comportamentos.Vespa cartoon. As cores, formas, cheiros, padrões e sensações que formaram a raiz dos instintos. Tinbergen conseguiu isolar os traços que provocaram certos instintos...e fez uma interessante descoberta.Penas de pavão cartoon. Peacock desenho da cauda. Em vez de parar em uma Pássaro ninho cartoon. Aves Canoras preferiam alimentar bebês falsos com bocas mais largas e mais vermelhas do que seus filhotes verdadeiros...e até os filhotes ignoravam seus próprios pais para pedir à bicos falsos com características mais dramáticas.Desenho do tanque de peixes. Enxergar vermelho, literalmente, fazia peixes Carapau machos ignorarem os rivais reais para atacar réplicas de madeira com brilhantes baixo-ventres pintados...até mesmo reagindo territorialmente quando uma van postal vermelha passava pela janela do laboratório.Vela traça cartoon. Aves Canoras abandonarão seus pálidos ovos azuis manchados de cinza...para se sentar em modelos azul fluorescente com bolinhas pretas tão grandes que escorregavam constantemente. Tinbergen chamou isso de ‘estímulo supranormal’. Um desvio dos instintos animais para além do seu propósito evolutivo.Niko Tinbergen e seus alunos criaram estímulos supranormais para estudar os animais que estavam pesquisando. Mas já havia uma criatura construindo ativamente estímulos supranormais para usar em si mesmo. Seres humanos.Com instintos evoluídos para caçar e coletar nas savanas da África 10 mil anos atrás... a maioria dos humanos se encontra hoje em um ambiente muito diferente.Enquanto nossas tecnologias e densidades populacionais sofreram surpreendentes mudanças em tão pouco tempo, a evolução não teve chance de manter o ritmo. Nossos cérebros são os mesmos dos nossos ancestrais caçadores-coletores. E os instintos afiados para buscar raras recompensas em um mundo de escassez nos puxam de todos os ângulos em um mundo de estímulos supranormais.Podemos comer alimentos refinados muito mais doces, salgados e gordurosos do que qualquer coisa disponível aos nossos antepassados. Sentamos imóveis por horas assistindo a efêmeros shows sobre a 'vida' de personagens imaginários...ou então pulamos dentro do seu mundo e tentamos ser eles. Podemos criar personagens mais fofinhos do que nossos animais de estimação e bebês...pornografia disponível para qualquer um que quiser ver...e uma série de outras distrações ansiosas para roubar a nossa atenção.Certamente temos tempo livre suficiente, reserva de riqueza suficiente para saciar alguns dos prazeres que os estímulos supranormais podem nos dar. Mas quanto é suficiente?Velociraptor quadrinhos. Humano cérebro cartoon. Estímulos supranormais funcionam em humanos porque, como todos os animais, temos instintos fixos em nossos cérebros. Um Confrontados com estímulos supranormais muitas vezes sentimos como se nossa força de vontade se transformou em pedra.Eles Vivem estátua cartoon. Mas somos dotados de uma outra camada acima do cérebro réptil. Outro pedaço de circuito capaz de sobrepor ou redirecionar os instintos do nosso cérebro réptil grita com nós. Pensamento consciente. A mente.Nós somos a única criatura que pode ignorar o irreal e escolher o real. Uma escolha que requer uma grande dose de força de vontade. Uma opção disponível somente para aqueles que aprenderam a identificar as simulações que nos cercam.Somente aqueles que podem ver o supranormal pode aprender a silenciar o réptil.

Apoie meus quadrinhos idiossincráticos! Torne-se um patrono financeiro regular através da minha campanha do Patreon! Apoie meus quadrinhos mensalmente. Quer saber mais informações? Assista ao meu vídeo de 3 minutos!

Comentários

Rodrigo Valle

20 julho 2016

Muito inteligente e didático, explica nossos genes de maneira descontraída. Ótimo para reflexão sobre o quanto somos enganados por estímulos artificiais. Vocês tem versão impressa?

Dandara Cerejinha Ilê Ayê

5 novembro 2014

André, você precisa sacar o reptil dentro de você e, ao invés de olhar apenas para a árvore, observar toda a floresta. A questão do trabalho é uma selvageria em que cada um está competindo pela melhor colocação, empresa...o fato das pessoas se satisfazerem é uma consequência natural do trabalho dessas pessoas ser melhor (em geral remunerado) do que a maioria das outras. Essa é a mesma satisfação do faisão que consegue a melhor fêmea ou da canora com a boca mais vermelha.

Andre

26 abril 2012

E essa coisa que a gente anda tendo com o trabalho? De o trabalho ter virado quase que um valor em si? Das pessoas se satisfazerem tanto quando arranjam um? Parece ser tão anti-natural (considerando a preguiça e o medo)... será que a consciência também leva a gente a fazer merda? :/

Name *
Email *
Mensagem *